O que um morcego pode ensinar sobre a manutenção do seu Contra Ângulo?

Economia. Dormir de cabeça para baixo poupa a energia na hora de levantar voo. Contra Ângulo não voa, mas tem engrenagens tão importantes como as turbinas de um avião. Saiba usar a força da gravidade para prolongar a vida útil do equipamento.

A cabeça do Contra Ângulo é a parte mais afetada pelo trabalho da peça. O atrito nas engrenagens e o acúmulo de micro resíduos causam defeitos que podem ser evitados com a lubrificação diária, após o expediente, e o descanso correto da peça, de cabeça para baixo.

Seguir o exemplo da posição de descanso dos morcegos traz duas vantagens: torna eficaz a limpeza interior, assim como a lubrificação.

É comum dentistas reclamarem nas assistências técnicas sobre um vazamento de “sujeira negra” dos Contra Ângulos de polimento. A “sujeira” é um micro resíduo arenoso consequência do trabalho de desgaste. Parte desse resíduo invade o equipamento pela cabeça. Ao girar nas engrenagens, ele queima pelo calor do atrito; ressecado, pode até travar o giro.

Uma lubrificação feita todos os dias irá manter as superfícies metálicas e rolamentos com oleosidade. Isso impede a aderência e a permanência da “sujeira”, que escorre com o óleo quando usamos a gravidade de modo inteligente.

Se você faz polimentos com frequência, é importante adquirir nas dentais uma pequena arruela de borracha, no formato de cone, conhecida como Protetor de Taça Robson. O acessório é acoplado no eixo da taça e reduz em até 80% a invasão de pasta e resíduos.

Então, para economizar com a manutenção, lembre-se do morcego. E coloque o seu Contra Ângulo para descansar, lubrificado, de cabeça para baixo.

Dica do Jorge Sete

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *